Saiba quais os principais modelos usados para filtração de ar na indústria farmacêutica

Publicado em: 26/05/2020

Você já parou para pensar na importância da filtração na indústria farmacêutica? Um eficiente sistema de climatização e refrigeração é essencial para que qualquer tipo de empresa tenha um bom desempenho. Sendo assim, os filtros são elementos fundamentais para o bom funcionamento do sistema de climatização.

Os filtros devem ser escolhidos dependendo do ambiente em que forem utilizados. Eles servem, principalmente, para remover partículas do ar, evitando a contaminação de ambientes.

Sendo assim, alguns ambientes industriais exigem uma maior pureza no ar. A indústria farmacêutica é um desses locais, pois necessita de espaços extremamente limpos. Esse nicho utiliza espaços controlados para fabricação e testes de medicamentos. Nesse caso, uma contaminação do ar pode prejudicar esses processos.

Assim, uma boa filtração de ar na indústria farmacêutica, com os filtros corretos, pode fazer toda a diferença para essa área. Assim, conte com a AirLink Filtros Industriais, que fornece todo tipo de filtros para o segmento de laboratório.

Classificação dos filtros de ar para filtração na indústria farmacêutica

Mesmo dentro de uma indústria farmacêutica, há diversos tipos de ambientes e cada um deles pode necessitar de um tipo específico de filtro. Podemos listar três tipos de filtros e suas classificações:

  • Filtros grossos: podem ser encontrados em forma de mantas, emoldurados ou tipo bolsa. Esse filtro é indicado para a retenção de partículas consideradas grandes, ou seja, acima de 10 µm. Também podem ser utilizados como um sistema de pré-filtragem para filtros finos. São classificados como G1 a G4, de acordo com a norma NBR 16101;
  • Filtros médios e finos: possuem vários modelos e formas, incluindo formato plano, multibolsa ou bolsa rígida. Indicado para a filtragem de partículas entre 1 e 10 µm e também como pré-filtro para os filtros absolutos. São classificados como M5, M6, F7, F8 e F9, de acordo com a NBR 16101;
  • Filtros absolutos: são os filtros de alta eficiência, para a filtragem de partículas microscópicas menores que 1 µm. Indicados para filtrar fungos, bactérias e esporos, por exemplo. São classificados como E10, E11, E12, H13, H14, U15 e U16, de acordo com a norma EN1822.

Tipos de filtros de ar para a indústria farmacêutica

O ambiente de uma indústria farmacêutica exige tipos específicos de filtros, dependendo do tipo de atividade que é realizada no local. A AirLink oferece uma grande variedade de filtros, de acordo com a necessidade da indústria. Assim sendo, os principais tipos de filtros para o segmento farmacêutico incluem:

  • Filtros de ar metálicos;
  • Opção de filtros de ar descartáveis;
  • Filtros de ar plissados;
  • Filtros de ar multibolsas;
  • Além disso, filtros de ar finos de microfibras de vidro;
  • Filtros de ar finos;
  • Filtros de ar absoluto plano;
  • Também há a opção de filtros de ar absoluto cunha;
  • Por fim, filtros de tela de Nylon;

Vantagens de filtração na indústria farmacêutica

Os filtros projetados para as indústrias possuem diversos benefícios, como por exemplo:

  • Variedades de formatos, se adequando a todo tipo de equipamento;
  • Economia de energia;
  • Redução no número de trocas dos filtros;
  • Maior eficiência, pois os sistemas projetados para as indústrias permitem que sejam utilizados diferentes níveis e etapas de filtragem;
  • Redução de custos aliada à eficiência no sistema de filtragem.


Produtos deste artigo

confira os depoimentos de quem confia na airlink filtros

" A MASSTIN ENGENHARIA E INSTALAÇÕES, agradece a AIRLINK FILTROS pela qualidade dos produtos e serviços prestados".

ADRIANA ASSUNÇÃO

"Nós da TAM AVIAÇÃO EXECUTIVA estamos satisfeitos com os serviços prestados pela empresa AIRLINK FILTROS, sinônimo de qualidade e compromisso com o cliente".

Cristiano de Oliveira Rischiotto